Festas e Romarias
Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço, que habitualmente tem lugar em finais de Abril, inicio de Maio, é uma mostra gastronómica especialmente dedicada à promoção e divulgação do vinho e dos fumeiros tradicionais da região. Se puder visitar Melgaço durante a realização da Festa, terá certamente oportunidade de se deliciar com a broa, o mel, o presunto, o chouriço e o vinho – Alvarinho, claro! Os produtos regionais de Melgaço, em particular o vinho e os fumeiros, o cabrito, a lampreia testemunham muitos dos costumes das gentes, nomeadamente, a sua ligação à terra e ao rio Minho, aos ciclos das culturas e ao aproveitamento dos recursos endógenos.

Esta Festa, que desde 2009 viu reconhecida a sua importância regional e nacional, ao ser-lhe atribuída pelo Instituto de Turismo de Portugal a Declaração de Interesse para o Turismo, integra, para além das jornadas gastronómicas (restaurantes locais), um conjunto de tasquinhas localizadas no espaço da feira, concursos de produtos locais, e ainda algumas actividades de natureza desportiva. Com o passar dos anos tornou-se numa festa reconhecida a nível nacional.

Todos os produtores de alvarinho e de fumeiro do concelho marcam presença na Feira. Graças a uma promoção adequada ao evento e a algumas parcerias importantes, a Feira é hoje um evento incontornável das festas gastronómicas do país, atraindo pessoas dos diversos pontos do território nacional e também um grande número de espanhóis, sobretudo da vizinha Galiza.

Pretende-se que o certame constitua um momento alto na estratégia traçada pela Autarquia para a promoção dos produtos locais de qualidade e das actividades que com eles se relacionam, como sejam os vinhos alvarinhos, o fumeiro, o artesanato, o turismo, a gastronomia e outros, bem como uma oportunidade única para a criação e a consolidação de laços entre os agentes do comércio, os consumidores e a produção. As iguarias são variadas e uma amostra do que melhor se faz nesta região minhota. Provas de produtos, jornadas gastronómicas e tasquinhas com alguns dos pratos mais típicos do concelho, fumeiro, cabrito e a lampreia são algumas das possibilidades da feira.

Em conjunto, todos estes produtos, reúnem cuidadosamente as potencialidades, as riquezas e as especialidades do mundo rural, permitindo construir uma oferta integrada e completa para o visitante que busca um contacto mais íntimo com um território de excelência.